Pesquise o assunto

04 junho 2013

MIOMAS

Os miomas se desenvolvem na parede muscular do útero e geralmente são tumores benignos. “Mioma NÃO É CÂNCER e não é perigoso.
Mas, dependendo da sua localização, tamanho e quantidade podem ocasionar problemas que incomodam bastante como  dores  e sangramentos intensos. 
O tamanho dos miomas pode variar desde muito pequenos a grandes formações que simulam uma gravidez de 5 ou 6 meses. Dependendo da sua localização na parede do útero, os miomas podem ser de três tipos:

A) os "subserosos" - localizam-se na porção mais externa do útero e geralmente crescem para fora. Este tipo de mioma geralmente não afeta o fluxo menstrual, porém, pode tornar-se desconfortável pelo seu tamanho e pressão sobre outros órgãos da pelve.
B)- os "intramurais" - crescem no interior da parede uterina e se expandem fazendo com que o útero aumente seu tamanho acima do normal. São os miomas mais comuns e geralmente provocam um intenso fluxo menstrual, dor pélvica ou sensação de peso.
C)- os "submucosos"-  localizam-se mais profundamente, bem abaixo da capa que reveste a cavidade uterina. São os miomas menos comuns, mas provocam intensos e prolongados períodos menstruais.

Quem é mais propensa a ter miomas.


Os miomas são também chamados de fibromas ou leiomiomas .Podem surgir em diferentes órgãos do corpo humano, mas o lugar onde mais freqüentemente crescem é a parede muscular do útero. Cada mioma se origina a partir de uma única célula muscular do útero que deve carregar em seu código genético uma tendência para crescer e transformar-se num mioma. Acredita-se que o desenvolvimento de miomas tem uma base genética. Talvez por isso que o mioma é mais comum em mulheres de um mesmo grupo racial, como acontece como as de cor negra, além de geralmente acompanhar uma história familiar.
Os miomas crescem por ação do estímulo do hormônio feminino chamado estrogênio. É por esta razão que os miomas desenvolvem-se na idade fértil da mulher, raramente são vistos nas meninas antes da adolescência, quando começam a menstruar, e da mesma forma, geralmente regridem espontaneamente quando a mulher chega à menopausa e decresce o estímulo hormonal.

Sintomas típicos causados pelos miomas.
Menos da metade das mulheres que têm mioma no útero têm algum tipo de sintoma. Muitas vezeso, a maioria delas nem sabe que tem mioma ou, se sabe, seguramente descobriram por casualidade, no momento em que realizavam um exame ginecológico de rotina ou por qualquer outro motivo. Algumas vezes os miomas são descobertos antes de provocarem um grande aumento do tamanho da barriga. Outras vezes podem provocar um aumento discreto do ventre que leva as mulheres a pensarem que estão com uma "barriga de cerveja" ou simplesmente que engordaram. Em algumas situações, o aumento do tamanho do abdome pode ser tão evidente que simula uma gestação de vários meses.

Quais são os sintomas provocados pelos miomas :

·         Períodos menstruais intensos e prolongados, além de sangramentos mensais atípicos, às vezes com coágulos, e que com alguma freqüência podem levar à anemia.

 

·         Distensão abdominal com sensação de peso ou pressão na pelve.

·         Dor durante as relações sexuais.

·         Sensação de pressão na bexiga

·         Constipação

Como é feito o  diagnóstico:

Os miomas são inicialmente diagnosticados durante um exame ginecológico bem feito. Um outro exame solicitado com bastante freqüência para o diagnóstico de miomas é a ressonância magnética.

Opções terapêuticas :

São três os  tipos de tratamento para os miomas de útero:

tratamento medicamentoso, tratamento cirúrgico ou tratamento por embolização uterina.
________________________________________________________
FABÍOLA PECE comenta: Aja com cautela, tenha várias opiniões sobre o que fazer se descobrir um mioma. Não opte desnecessariamente por cirurgia. Discuta antes com seu médico.

Nenhum comentário:

Postagens Anteriores

Receba as postagens no seu e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

Qual assunto você gostaria de ler ?

Nome:
E-mail:
Assunto:
Mensagem: