27 junho 2013

DST's, um perigo para a fertilidade

Os maiores problemas quando se fala em infecção relacionada a problemas de fertilidade são as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).
Nas mulheres
Nas mulheres, a principal infecção que leva a problemas de fertilidade é a clamídia. Seu diagnóstico é feito por meio de um exame de sangue específico. A clamídia prejudica as trompas, seja por obstrução, entupimento ou dilatação. 

Outra infecção comum entre as mulheres com problemas de fertilidade é a tuberculose genital. Ela é detectada por meio da radiografia da trompa, realizada normalmente apenas em clínicas de fertilidade. O tratamento é feito com antibióticos, porém não há reversão se já a trompa já foi afetada. 

A gonorreia também tem como causa uma bactéria. "Dessas três infecções, talvez seja a única que pode ter um tratamento rápido. O diagnóstico pode ser feito antes de haver uma lesão", acredita Luiz Fernando. Caso a mulher não apresente sintomas ou não faça o tratamento, a doença pode evoluir e atingir as trompas e até mesmo o útero. 

Nos homens
Nos homens, as principais infecções que levam a problemas de fertilidade são a gonorreia e a clamídia. A presença dessas infecções diminuem a motilidade do espermatozoide. Além disso, pode levar a obstrução do canal epidídimo que armazena e coleta espermatozoides, não permitindo a passagem dos espermatozoides.. O homem pode, então, ter ausência de espermatozoides ejaculados. 

As saídas para engravidar seriam uma cirurgia do epidídimo ou a fertilização in vitro, coletando os espermatozoides diretamente desse canal. 



FABÍOLA PECE comenta: As DST’s  são perigosas, porisso previna-se sempre.

Nenhum comentário:

Pesquise o assunto

Postagens Anteriores

Receba as postagens no seu e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

Qual assunto você gostaria de ler ?

Nome:
E-mail:
Assunto:
Mensagem: