20 março 2013

Coito Programado ou Relação Sexual Programada


Após os vários exames para diagnóstico da infertilidade feitos pelo casal, o sexo programado é o primeiro procedimento indicado para tratar a infertilidade.
Tenta-se ao máximo chegar próximo das vias naturais. O coito programado é um tratamento de baixa complexidade em reprodução assistida. Geralmente é recomendado para casais onde a mulher possui trompas normais e o parceiro apresenta o sêmen também normal. Caso contrário, esta opção de nada adiantará. Consiste em realizar uma indução de ovulação com acompanhamento ultrassonográfico. Durante o período ovulatório o casal é orientado a ter relações sexuais com maior freqüência. O tratamento consiste em acompanhar de perto o ciclo menstrual da mulher, monitorando a ovulação por meio de exames de ultrassom seriados e dosagens dos níveis de hormônios no sangue e na urina. Em alguns casos, estimulam-se os ovários com medicamentos com o objetivo de aumentar a precisão do dia fértil.
Chance de sucesso: ao redor de 10 a 15%.

_________________________________________________________________
FABÍOLA PECE comenta: Muitas vezes só esta ajudinha basta, mas como no exposto acima, isto  só tem valia  se a mulher tiver as trompas normais e o sêmen do homem dentro da normalidade.
Quando se tratar apenas de uma alteração na ovulação, é comum recorrer ao coito programado.Lembrando que sempre deverá ser auxiliada por seu ginecologista que saberá com segurança estar te orientando quais métodos positivos em seu caso.

Nenhum comentário:

Pesquise o assunto

Postagens Anteriores

Receba as postagens no seu e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

Qual assunto você gostaria de ler ?

Nome:
E-mail:
Assunto:
Mensagem: