20 fevereiro 2013

Doença Inflamatória Pélvica


O que é doença inflamatória pélvica

A doença inflamatória pélvica refere-se a infecção do útero, trompas, e outros órgãos do sistema reprodutivo feminino causada por uma complicação comum e séria de algumas doenças sexualmente transmissíveis, especialmente clamídia e gonorréia.
As conseqüências graves da doença inflamatória pélvica são infertilidade, gravidez ectópica (fora do útero), formação de abscesso e dor pélvica crônica.

Como acontece

Bactérias movem-se da vagina ou colo cervical para dentro dos órgãos reprodutores.
Quanto mais parceiros sexuais a mulher tiver, maior será seu risco para doença inflamatória pélvica pela maior exposição a agentes infecciosos. A mulher cujo parceiro sexual tenha relações sexuais com outras pessoas também possui maior risco para doença inflamatória pélvica.

Sinais e sintomas

Quando a doença inflamatória pélvica é causada por infecção por clamídia, a mulher pode apresentar sintomas moderados ou nenhum sintoma enquanto danos sérios são causados nos órgãos reprodutivos. Por causa desses sintomas muito vagos, a doença inflamatória pélvica muitas vezes não é diagnosticada. As mulheres que têm sintomas de doença inflamatória pélvica mais comumente apresentam dor na parte baixa do  abdômen. Outros sinais e sintomas de doença inflamatória pélvica incluem febre, corrimento vaginal diferente com odor ruim, dor na relação sexual, dor ao urinar, e menstruação irregular.

Complicações

Sem tratamento a doença inflamatória pélvica pode causar danos irreversíveis a órgãos reprodutores femininos. Bactérias causadoras de infecções podem silenciosamente invadir as trompas e tornar os tecidos cicatrizados. Isso pode interromper o movimento dos óvulos para o útero. Se as trompas forem totalmente bloqueados, o esperma não poderá fertilizar o óvulo  e a mulher ficará infértil. O mesmo ocorre se estiverem parcialmente bloqueadas ou mesmo levemente danificados. Em média, 10% das mulheres com doença inflamatória pélvica ficam inférteis, aumentando mais ainda se ocorrerem vários episódios de doença inflamatória pélvica suas chances de infertilidade aumetam.
FABÍOLA PECE comenta: Se a mulher estiver com seus exames preventivos em dia, isto tem menos chances de ocorrer.

Um comentário:

Anônimo disse...

eu tenho essa doença e toma anticoncepcional,corro risco de engravidar ou é complicada ?

Pesquise o assunto

Postagens Anteriores

Receba as postagens no seu e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

Qual assunto você gostaria de ler ?

Nome:
E-mail:
Assunto:
Mensagem: