21 dezembro 2012

A relação entre o Muco Cervical e a Gravidez


A quantidade e a qualidade do muco cervical pode aumentar ou diminuir as chances de uma gravidez, embora raramente este seja um problema isolado.

Quando a quantidade de muco cervical é insuficiente, ou quando é muito espesso, os espermatozóides encontram uma maior dificuldade de se movimentar  e chegar ao útero.
O muco ideal é semelhante a clara do ovo, transparente, pouco viscoso e abundante. O muco só possui estas característica quando a mulher está no seu período fértil. 
Para determinar a qualidade do muco cervical, o médico poderá solicitar um exame que retira uma amostra do muco até 18 horas após a relação (Teste Pós Coito) . Após uma análise laboratorial, o exame deve revelar a capacidade dos espermatozóides nadarem no muco. Este exame é feito em laboratório, sem incômodo e leva poucos minutos.
Um número baixo de espermatozóides se movimentando pode indicar algum problema ligado à produção de espermatozóides, à vagina, ao muco cervical (ph alterado) ou ao sistema imunológico. Em alguns casos pode haver a presença de anticorpos que matam ou imobilizam os espermatozóides.
_________________________________________
FABÍOLA PECE comenta: É porisso a importância deste exame Pós Coito, meio desagradável de se fazer, pois deve ser feito após relação sexual, não podendo haver higienização antes da coleta.

Nenhum comentário:

Pesquise o assunto

Postagens Anteriores

Receba as postagens no seu e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

Qual assunto você gostaria de ler ?

Nome:
E-mail:
Assunto:
Mensagem: