Pesquise o assunto

11 maio 2012

Congelamento ou Criopreservação



Pode-se congelar Óvulos, Sêmen e Embriões  (em diversos estágios),  porém o mais usado hoje é em estágio de blastocisto)

Congelamento de Óvulos

O congelamento de óvulos permite que mulheres que irão se submeter a rádio e quimioterapia  guardem seus óvulos para posteriormente engravidarem ( em decorrência do câncer elas se tornam estéreis).
Esta técnica também é comum para mulheres jovens que pretendem ter filhos futuramente.



Congelamento Sêmen

O congelamento sêmen consiste em armazenar o espermatozóide afim de ser utilizado no momento oportuno ou mesmo também por causa do tratamento de um câncer (pelo mesmo motivo: a rádio e quimioterapia causará esterilidade); outra utilidade que pode ser aplicada é a doação de sêmen,
que pode ajudar casais que não podem ter filhos ou mulheres que queiram engravidar.

Congelamento de Embriões

Este procedimento é normalmente usado quando há embriões excedentes (de boa qualidade) após se tentar
utilizar as técnicas de ICSI ou FIV; além deste caso, o congelamento é utilizado quando existe uma possibilidade significativa de que ocorra a Síndrome de Hiperestímulo Ovariano (eu tive,aí não tem outra forma); se isto ocorrer todos os embriões são congelados e transformados em um único ciclo posterior. Os embriões congelados de um ciclo antecedente são transferidos sem que haja a necessidade de outra indução da ovulação e coleta cirúrgica.

Nenhum comentário:

Postagens Anteriores

Receba as postagens no seu e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

Qual assunto você gostaria de ler ?

Nome:
E-mail:
Assunto:
Mensagem: